terça-feira, 17 de março de 2009

amor?

Amor: sentimento o qual determina a função de cada um em suas respectivas vidas. Pois não é isso que se ver por ai. As pessoas vem confundindo amor com posse e isso tem gerado uma onde de crimes banais.
Como uma pessoa que diz amar alguém tem um surto e ataca a própria amada? E como explicar essas atitudes movidas a um amor excessivo e que domina uma pessoa a ponto de cometer loucuras, como dar um tiro na cabeça de quem ama. Sinceramente, isso não é amor.
Acho que todos acompanharam o caso da menina Eloá e viram o final trágico que se tornou, erro da policia ou não, erro maior do rapaz que, pois em mente que poderia dominar alguém a base da agressão e ainda mantendo o discurso de que ama. No final, uma menina morta, outra baleada e o individuo alegando insanidade.
Realmente só sendo louco para tomar certas atitudes nas quais prejudicam não só a si, mas que chocam um mundo e alerta esse mundo chocado a que não só nossa natureza precisa de salvação, mas as pessoas que residem dentre esta sociedade massacrante.
Uma sociedade que exige cada vez mais de um cidadão que mal acabou de ser formado, pessoas que mal sabem o poder da vida e que amam o pouco que tem, dando a vida pelo que ama ou tirando a vida do que ama.
A dor da perda é grande, mas achar que matar quem se ama resolve o problema por ter sido rejeitado. Realmente não dá para entender o que se passa na mente dessas pessoas que dizem amar e no fim demonstram uma certa “raiva” à pessoa que a minutos atrás era a amada e insubstituível.
A pergunta que se faz nesses casos, “é matando que se reconquista alguém?”.
O valor da vida é grande e ninguém pode comprar e por isso ninguém tem o direito de tirar esse valor de uma outra pessoa.

4 comentários:

  1. "O valor da vida é grande e ninguém pode comprar e por isso ninguém tem o direito de tirar esse valor de uma outra pessoa."
    om certeza!
    e o mais claro de todos: "O amor é cego é louco"

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do seu texto!
    beijoss

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto, Arthur... Parabéns.
    E obrigado pela visita ao meu blog.

    Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia!

    Quanto sentimento!

    Gostei muito (de tudo) do que vi por aqui.

    Por isso mesmo, o presenteio com um selo.

    Passe lá no garota Pendurada e resgate-o.

    Kiso

    http://garotapendurada.blogspot.com/

    ResponderExcluir